Vacuidade

Vacuidade.jpg

O outro lado de tudo

Esvaziou a actualidade

Nada de mais pontiagudo

Que a presente vacuidade

 

Onde se vê sobretudo

Nada, a grande verdade

Podes ser tu o sortudo

Que existe na realidade

 

Trilhas um futuro agora

Com a tua capacidade

E os demais são incluídos

 

Mas se não é esta a hora

Não espalhes essa ansiedade

Já que os outros estão perdidos.

 

 

publicado por poetazarolho às 15:34 | link do post | comentar