War end

War end.jpg

Arma está apontada

O alvo já selecionou

A bala foi disparada

Teu cérebro trespassou

 

Essa vida foi ceifada

E nada na guerra mudou

Sobe de tom a escalada

Que mui cedo a motivou

 

São mil razões p'ra matar

Suportadas em decisões

Da humana malvadez

 

Mas para a guerra acabar

Há que matar multidões

Toda a humanidade talvez.

publicado por poetazarolho às 00:08 | link do post